Menu fechado

Entrevias alerta sobre os riscos de dengue com o descarte de lixo nas rodovias

De janeiro a outubro, as rodovias de Marília receberam um total de 25,6 toneladas de lixo descartado irregularmente; Rodovia do Contorno concentra maior parte dos resíduos

Marília, 03 de dezembro de 2019. Com a proximidade do verão e já com uma incidência maior de chuva e altas temperaturas, a preocupação com a proliferação do mosquito Aedes aegypti aumenta e acende um alerta que também se estende às condições de conservação das rodovias sob a concessão da Entrevias. O calor e a umidade favorecem a multiplicação do mosquito Aedes aegypti, que é transmissor da dengue, zika, Chikungunya e febre amarela.

O descarte de lixo irregular é um problema recorrente em todo o eixo rodoviário. De 1º de janeiro a 31 de outubro, as rodovias na região de Marília - 271 quilômetros - receberam 25,6 toneladas de lixo descartado irregularmente às margens da faixa de domínio. Entre os detritos, embalagens, recicláveis e móveis velhos, todos potenciais criadouros da dengue. Além disso, o lixo também pode atrapalhar no escoamento e drenagem da água em vias rápidas, principalmente durante o verão. A presença de lixo orgânico, também bastante comum, atrai animais como cachorros e equinos, ocasionando acidentes.

O levantamento interno considerou as rodovias concessionadas: SP-333 – de Borborema a Florínea, SP-266 (De Florínea a Cruzália), as SPAs e a SP-294 (Rodovia do Contorno – Comandante João Ribeiro de Barros). Todo o lixo recolhido é destinado a aterros licenciados.

O descarte maior de lixo e de forma recorrente ocorre na SP-294, trecho com maior presença de população lindeira, além dos quilômetros 327 ao 323, da SP-333.

A concessionária reforça, no entanto, que a coleta de lixo urbano é um serviço de responsabilidade das administrações municipais. “A concessionária orienta, através de campanhas e palestras, sobre os riscos de as pessoas jogarem lixo nas rodovias, assim como atuamos com o poder público para que a coleta do lixo urbano seja realizada devidamente”, afirma Cláudia Figueiredo, gerente de Relações Institucionais da Entrevias.

Mais informações, acesse http://portalarquivos.saude.gov.br/campanhas/combateaedes/

Fique de olho

Em Marília, cidade com maior número de habitantes no trecho concessionado, já são pelo menos 2.995 casos de dengue e três mortes até novembro, segundo dados da Secretaria Municipal da Saúde do munícipio.

Sobre a Entrevias Concessionária de Rodovias – A Entrevias Concessionária de Rodovias é responsável pela operação, manutenção e modernização do lote Rodovias do Centro-Oeste Paulista, com um total de 570 quilômetros de vias no eixo entre Florínea, na divisa com o Paraná, e Igarapava, na divisa com Minas Gerais. O contrato de concessão assinado com o governo do Estado de São Paulo prevê investimentos de R$ 3,9 bilhões na restauração de rodovias, ampliação da malha viária e implantação de tecnologias e inovações que contribuem para prestação de serviços de alta qualidade aos usuários. Visite o site da empresa: www.entrevias.com.br. Em caso de emergência nas rodovias ligue para 0800-3000-333.

Divulgação Entrevias