Menu fechado
Nos 7 primeiros meses do ano, Entrevias diminui casos de acidentes e feridos em trecho de Borborema a Florínea

Ocorrências mais comuns foram choque, colisão traseira e tombamento

Marília, 16 de setembro de 2019. Investimentos em sinalização, melhoria no pavimento, conservação e implantação de dispositivos de absorção de impacto, como barreiras e defensas metálicas, são mecanismos de segurança que ajudam a reduzir a acidentalidade nos 271 quilômetros de rodovias sob concessão da Entrevias entre Borborema e Florínea (SP-333, SP-294, SP-266 e SPAs de acesso).

De janeiro a julho de 2019, a Entrevias Concessionária de Rodovias registrou queda de 27% no número total de acidentes, e de 42% no total de vítimas (ocorrências com feridos) em comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 212 acidentes em 2019 contra 289 em 2018, além de 99 feridos em 2019 e 170 em 2018. Os dados foram apurados pelo Centro de Controle Operacional (CCO) e validados pelo gestor de Segurança Viária, Fábio Ortega. Os acidentes foram causados principalmente por choque (27,3%), colisão traseira (27,3%) e tombamento (14,8%). O período noturno concentrou as ocorrências de acidentes mais graves (77%), seguido pela manhã (13%) e tarde (10%).

Para o gestor de segurança viária, a redução é resultado das iniciativas que englobam o Programa de Redução de Acidentes, alinhado com o governo do Estado de São Paulo e fiscalizado pela Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp). “Além dos serviços e intervenções para aumentar a segurança na rodovia e estudos técnicos constantes, desenvolvemos ações que promovem maior conscientização dos usuários, tanto de veículos leves quanto pesados, e entre crianças, com programas como o Pit Stop para o Futuro”, afirma.

A Entrevias também atua em consonância com a meta proposta pela ONU (Organização das Nações Unidas) com a Década Mundial de Redução de Acidentes de Trânsito, que visa a redução em 50% no número de mortos de 2010 a 2020. Neste sentido, a Concessionária obteve uma redução de 19% do número de mortes entre 2017 e 2018, sendo classificada a primeira concessionária no quesito “Redução do Número Absoluto de Mortos” no Prêmio Concessionárias do Ano da Artesp.

Trecho urbanizado

Nos oito quilômetros do trecho da SP-294 em Marília, caracterizado pelo grande fluxo de veículos, também houve redução de acidentes. No comparativo que analisa o período de janeiro a maio de 2018 e 2019, a queda no total de ocorrências foi de 20,4%. Entre as principais ações no local, destacam-se a revitalização da sinalização horizontal e vertical e a implantação de radares para controle da velocidade.

Redução de impactos e reforço de sinalização

Defensas metálicas e barreiras rígidas são importantes dispositivos de absorção de impacto nas rodovias. Recentemente, a Entrevias implantou 5 mil metros de defensas metálicas duplas com aproximadamente 1,5 m de altura nos trechos montanhosos da rodovia Rachid Rayes (SP-333), entre Marília e Assis. Mais reforçadas, ajudam a absorver e desacelerar os veículos durante impactos e a direcioná-los para os leitos das vias. A sinalização também é uma das prioridades e recebe investimentos constantes. Considerando apenas as intervenções em sinalização horizontal (faixas de solo), já são 3.500 m² de placas, 15 mil m² de sinalização horizontal e 38 mil tachas refletivas.

Sobre a Entrevias Concessionária de Rodovias – A Entrevias Concessionária de Rodovias é responsável pela operação, manutenção e modernização do lote Rodovias do Centro-Oeste Paulista, com um total de 570 quilômetros de vias no eixo entre Florínea, na divisa com o Paraná, e Igarapava, na divisa com Minas Gerais. O contrato de concessão assinado com o governo do Estado de São Paulo prevê investimentos de R$ 3,9 bilhões na restauração de rodovias, ampliação da malha viária e implantação de tecnologias e inovações que contribuem para prestação de serviços de alta qualidade aos usuários. Visite o site da empresa: www.entrevias.com.br. Em caso de emergência nas rodovias ligue para 0800-3000-333

Imagem do trecho montanhoso entre Marília e Assis, SP-333